sábado, 28 de maio de 2011

O que a tv não mostrou!

Quem assistiu o jornal 2° edição de ontem 30/05 e não conhece o pebinha de açúcar como é chamado carinhosamente o município de Parauapebas deve ter imaginado que a cidade é uma favela e que nenhuma de suas ruas é asfaltada. Afinal a matéria exibida ontem não mostrou uma única rua asfaltada na cidade.
Como se não bastasse isso, quem assistiu atentamente a reportagem percebeu a edição, mal feita por sinal, durante a entrevista do Prefeito Darci Lermen, afinal a reportagem não queria que fosse ao ar o outro lado da historia.
Ao que parece leitores do blog 2012 em Parauapebas já começou. A tentativa dos setores conservadores de Parauapebas em tentar marginalizar a imagem do prefeito só aumenta a cada dia.

O que a TV não mostrou?

A tv até mostrou a nova sede da prefeitura mas esqueceu de mostrar como era a prefeitura na época dos governos da Fel / Fazmal.
Esqueceu de mostrar o trem da vale que chega todos os dias com 300 pessoas vindo morar nesta cidade, o que nos faz ter um novo desafio a cada dia, diante do crescimento desordenado.
Não mostrou que a cada mês 7 km de asfalto são feitos nesta cidade!
Também esqueceu de mostrar as escolas,que quando recebemos o governo estavam todas caindo. Hoje além de reformadas, até o final do ano estarão todas climatizadas e com data-show e cada professor terá um laptop. Mas podem falar dos anexos. Sim, também temos anexos, mas diferentemente dos governos anteriores, todos climatizados. É importante lembrar que não é uma situação permanente. Existem 7 escolas em construção e mais 7 sendo licitadas. E quem lembra dos antigos anexos? Tinha um que era ate perto de um chiqueiro de porco. Naquela época a filha da Fel estava estudando na Austrália.
A tv também não mostrou que as escolas também vão para a zona rural. Não mostrou quantas propriedades rurais foram mecanizadas, gerando renda para os colonos. Não mostrou quantos caminhões a prefeitura disponibiliza para que os mesmos colonos venham vender sua produção na feira do produtor. Não mostrou também o projeto PIPA, que atende 700 crianças em situação de vulnerabilidade social. Não mostrou o centro Integrado da Melhor Idade, onde os idosos recebem atendimento. Muito menos mostrou todo apoio que é dado aos atletas de Parauapebas que hoje viajam em ônibus confortáveis e com recursos para uma boa estadia, enquanto que em governos passados iam em ônibus caindo aos pedaços, quando iam.
Esqueceu de mostrar também como houve uma melhora no ordenamento da cidade com a exigência, pela prefeitura, de loteamentos regularizados. Antes, quando as eleições se aproximavam,invasões eram promovidas e depois os governantes não lembravam de levar infra estrutura para o local. Só para citar, em 1991, o Fazmal invadiu a fazenda do Serraria. Tudo bem, muitas famílias hoje tem onde morar mas me digam quem conseguiu dar o título definitivo dos lotes para a população? Darci Lermen! E hoje varias famílias conseguiram realizar o sonho da casa própria com essa nova forma de ordenamento da cidade.
Não mostraram também as 1000 casas populares que estão sendo construídas, em parceria com o programa minha casa minha vida, nem as 600 construídas com recursos próprios no inicio de seu governo. Bom se eu for enumerar aqui o que foi feito nos últimos 7 anos, certamente levaria muito tempo...

Parauapebas mudou nos últimos anos e mudou para melhor!

Fomos o primeiro município paraense a criar um orgão especifico de formulação de politicas publicas para as mulheres a Secretaria da Mulher de Parauapebas, apesar do município já ter sido administrado por uma mulher. Aqui, foi preciso um prefeito homem pra criar uma Secretaria da Mulher.
Contamos hoje com uma rede de prevenção a violência contra a mulher com a Casa Abrigo, Defensoria Publica da Mulher, Centro de Referencia e Casa da Mulher que e um espaço voltado somente para cursos com o objetivo de qualificar estas mulheres e garantir a elas sua autonomia.

Que município paraense tem essa rede?

Nenhum! Nem a capital do estado têm!A nível de estado o que temos é uma coordenadoria de politicas para as mulheres sem a menor estrutura e sem condições reais de articular politicas publicas para as mulheres, um abrigo administrado pela secretaria de assistência social a beira de um colapso...
A quem quiser dizer o contrario a caixinha de comentários ta liberada! Eu topo o desafio!
Isso tudo só foi possível porque em 2004 o povo de Parauapebas decidiu mudar, decidiu romper com as oligarquias locais e eleger um professor para administrar esta cidade, um professor que foi capaz de enfrentar a poderosa mineradora para defender o nosso município. E que por esse motivo esta sendo vitima de uma tentativa de lixamento publico bancado pelo PIG ( Partido da Imprensa Golpista)
Em 2012 teremos eleição novamente, e certamente o povo desta cidade não vai querer voltar ao passado, no tempo em que a prefeitura funcionava em uma casa de madeira,cheia de cupins, no tempo onde as mulheres vitimas de violência não tinham a quem recorrer.
Parauapebas mudou para melhor e com certeza vai continuar mudando! È verdade que a cidade não esta do jeito que gostaríamos mas é só olhar pra trás, que não sentiremos saudade!
Depois de duas derrotas consecutivas nas urnas ( uma para o executivo e outra para o legislativo) ela anunciou no programa do Mauro Bonna que vai ser candidata a prefeita em Parauapebas novamente. Pois que venha e o povo, que e a maior autoridade nessa historia toda, e que vai decidir.
A eleição em 2012 em Parauapebas será uma eleição plebiscitaria! Será a escolha entre o novo e o velho! Entre a continuidade da mudança e a volta ao passado! A disputa entre um projeto de transformação e o projeto conservador! Uma disputa de classes que certamente os trabalhadores e trabalhadoras serão os grandes vitoriosos

9 comentários:

  1. Parabens pelo texto joelma! enfim uma resposta a altura para os que ja roubaram bastante aqui no peba e agora querem ser candidatos com o discruso da etica e da moralidade.

    ResponderExcluir
  2. Cada um fala o que quer,agora provar é outra historia..né colega anonimo?? enquanto a vc Joelma parabens pelas informações que muitas vezes desconhecemos.

    ResponderExcluir
  3. fala a verdade, só quem acredita em papai noel nao sabe do que se passou nos governos familiares...

    ResponderExcluir
  4. Joelma, vc foi excelente em seus comentários, eu que moro aqui desde 1990 sei muito bem o que vc está dizendo, e para os que estão chegando agora, deixo uma dica, procurem conhecer a história desta cidade de apenas 23 anos. Sabemos que ha muito ainda o que melhorar e que assim seja, mas aonde no Brasil existe uma cidade que possa ser comparada a Parauapebas, uma cidade de povos de diferentes culturas e crescimento constante. Posso até contrariar alguns pensamentos mas pra min, a oferta de trabalho ainda é maior que a demanda. Lembrando aqui mais uma conquista, o grande apoio do governo atual na construção do campus da UFRA, uma excelente universidade, confiram!!!

    ResponderExcluir
  5. Vamos pedir para Assessoria de Comunicação tornar público as ações do governo...tem muita coisa boa acontecendo...

    ResponderExcluir
  6. Joelma, estou adorando participar das oficinas oferecidas no Centro de Referência para Mulheres...foi o caminho que encontrei para continuar seguindo em frente de cabeça erquida, só Deus sabe o que eu vivia.

    ResponderExcluir
  7. Tá bom do Fazmal mudar de discurso, sempre a mesma coisa, sempre ta liso...kkkkk

    ResponderExcluir
  8. EU SOU DO PEBINHA E NÃO SAIO DAQUI1 de junho de 2011 19:38

    TORÇO PELO BEM DA COMUNIDADE, DARCI ESTOU AGUARDANDO O SEU RETORNO PARA CALAR A BOCA DESSE POVO QUE PASSA A NOITE PENSANDO EM QUE VÃO PÚBLICAR NA MÍDA, DURMA BEM E TRABALHE BEM.

    ResponderExcluir
  9. Pbs é a cidade mais cobiçada d estado do Pará, e de 2005 prá cá estamos vivendo um novo tempo. Apesar dos desafios constantes em conciliar desenvolvimento com qualidade de vida,nos surpreendemos a cada dia com tanto progresso. Sou carioca e não tenho nem um pouco de vontade de voltar a morar no Rio. Vou continuar acreditando q muito mais poderá ser feito, depende de nós! Abrace essa cidade e continue dando o seu voto de confiança.

    ResponderExcluir